Titanic - O Filme: Lançamento do Titanic

Lançamento do Titanic

Exibição inicial
A 20th Century Fox e a Paramount Pictures co-financiaram Titanic, com a Paramount cuidando da distribuição na América do Norte e a Fox do lançamento internacional. Eles esperavam que Cameron completasse o filme para um lançamento em 2 de julho de 1997. O filme seria lançado nessa data "para explorar a lucrativa venda de ingressos na temporada do verão quando blockbusters geralmente se saem melhor". Em abril, Cameron disse que os efeitos especiais eram muito complicados e que lançar o filme no verão não seria possível. Com os atrasos na produção, a Paramount adiou a estreia para 19 de dezembro. "Isso aumentou as especulações de que o filme seria um desastre". Entretanto, uma pré-estreia em Minneapolis no dia 14 de julho "gerou críticas positivas", com "conversas na internet sendo responsáveis um boca-a-boca mais favorável sobre o filme". Isso eventualmente levou a uma cobertura mais favorável por parte da mídia.

O filme estreou em 1 de novembro no Festival Internacional de Cinema de Tóquio, onde a reação inicial foi descrita como "tépida" pelo The New York Times. Porém, críticas positivas começaram a aparecer nos Estados Unidos; a estreia oficial em Hollywood ocorreu em 14 de dezembro, onde "as grandes estrelas que compareceram a estreia estavam jorrando comentários entusiasmados sobre o filme para a mídia mundial".

Bilheteria
O filme conseguiu um frequência estável depois de estrear na América do Norte na sexta-feita, 19 de dezembro de 1997. Ao final do mesmo fim de semana, os ingressos começaram a ficar esgotados. O filme arrecadou US$ 8.658.814 no seu dia de estreia e US$ 28.638.131 no primeiro fim de semana, vindo de 2.674 cinemas, com uma média de US$ 10.710 por cinema, ficando em primeiro lugar nas bilheterias, na frente do décimo oitavo filme da franquia James Bond, Tomorrow Never Dies. No último dia do ano, Titanic já tinha arrecadado mais de US$ 120 milhões, com sua popularidade crescendo e com as sessões se esgotando mais frequentemente. Seu melhor dia ocorreu em 14 de fevereiro de 1998, sábado, arrecadando US$ 13.048.711, mais de seis semanas após sua estreia.

O filme permaneceu como número um durante quinze semanas consecutivas nos EUA e Canadá, um recorde mantido até hoje. Em março de 1998, ele se tornou o primeiro filme a arrecadar mais de US$ 1 bilhão mundialmente. O filme continuou a ser exibido na América do Norte por dez meses, finalmente saindo de cartaz em 1 de outubro, quinta-feira, com um arrecadamento doméstico de US$ 600.788.188. O Box Office Mojo calcula que ajustando-se os valores de acordo com a inflação, Titanic seria a sexta maior bilheteria de todos os tempos nos EUA e Canadá. O filme arrecadou o dobro internacionalmente, gerando um valor de US$ 1.242.413.080, acumulando o total absoluto de US$ 1.843.201.268. Titanic se tornou o filme de maior arrecadação mundial na história, permanecendo nessa posição durante doze anos, até Avatar, também escrito e dirigido por Cameron, ultrapassá-lo em 2010.

Crítica
Titanic foi muito bem recebido pela crítica especializada. O agregador Rotten Tomatoes indica que o filme possui um indíce de aprovação de 87%, baseado em 156 resenhas, com uma nota média de 7,7/10. O consendo geral do website é que o filme é "Um triunfo quase sem ressalvas para Cameron, que oferece uma mistura estonteante de visuais espetaculares e um melodrama à moda antiga". Por comparação, no Metacritic, o filme tem uma pontuação de 74/100, baseado em 34 resenhas, indicando "críticas geralmente favoráveis".
Página anterior Próxima página