Titanic - O Filme: Edição do filme

Edição do filme

Houve um "fato histórico crucial" que Cameron escolheu omitir do filme – o navio que estava próximo ao Titanic, porém que havia desligado seu rádio na noite do desastre e não ouviu as chamadas de SOS. "Sim, o Californian. Isso não foi um compromisso com o cinema popular. Foi muito mais sobre enfâse, criando uma verdade emocional para o filme", disse Cameron. Ele também disse que havia aspectos da história do naufrágio que pareciam importantes na pré e na pós-produção, porém ficaram menos importantes enquanto o filme evoluia. "A história do Californian estava lá; até gravamos uma cena deles desligando seu rádio Marconi", disse o diretor, "Porém tiramos. Foi um corte limpo, porque te focava de volta para aquele mundo. Se o Titanic é uma metáfora poderosa, como um microsmo, para o fim do mundo de algum modo, então esse mundo deve ser autônomo".

No primeiro corte, Cameron alterou o final planejado, que dava uma resolução a história de Brock Lovett. Na versão original do final, Brock e Lizzy vêem a velha Rose na popa do navio, e temem que ela esteja querendo se suicidar. Rose então revela o diamante "Coração do Oceano", que esteve com ela desde o naufrágio, porém nunca vendeu para não viver às custas do dinheiro de Cal. Ela diz a Brock que a vida tem um valor muito maior, e joga o diamante na água, após permitir que ele o segure por um momento. Depois de aceitar que sua caça ao tesouro não tem sentido nem valor, Brock ri de sua estupidez. Rose então volta para sua cabine para dormir, com o filme se encerrando da mesma forma que a versão final. Na sala de edição, Cameron decidiu que a essa altura o público não estaria mais interessado em Lovett, cortando a resolução da sua história em favor de Rose jogando o diamante sozinha. Ele também não queria interromper a melancolia do público após o naufrágio do Titanic.

A versão usada no primeiro teste com um público possuia uma luta entre Jack e Lovejoy que se passa logo depois de Jack e Rose fugirem para o inundado salão de jantar, porém o público reagiu de forma negativa. A cena foi escrita para dar ao filme mais suspense, e tinha Cal (falsamente) oferecendo dar a Lovejoy o diamante se ele o pegasse de Jack e Rose. Lovejoy os persegue, encontrando os dois escondidos no salão. Como vingança por incriminá-lo pelo "roubo" do colar, Jack o ataca e bate sua cabeça em uma janela, o que explica o sangramento de Lovejoy quando ele morre na versão completada do filme. A público teste achou que não seria algo realista arriscar a vida de alguém por riqueza. Cameron cortou a cena por esse motivo, e também por causa de tempo. Outras cenas foram deletadas por razões similares.
Página anterior Próxima página